Kit de atualização (e outros números) da Copa Feminina 2019

Atualizado em 23/06/2019, às 01h08

Olá, tudo bem?

Agora que o torneio já começou, sabemos que muitas jogadoras que estão no álbum de figurinhas não estão participando da Copa.

Seja por motivos de lesão, ou porque simplesmente os técnicos resolveram não chamá-las.

Aliás, clique AQUI para ler nosso artigo sobre o álbum da Copa Feminina 2019!

Figura 1 – Jogadoras brasileiras convocadas para a Copa Feminina 2019.
Figura 1 – Jogadoras brasileiras convocadas para a Copa Feminina 2019.

Nós fizemos uma pesquisa no site da FIFA, e trouxemos pra você o provável “Kit de Atualização” das figurinhas do álbum da Copa Feminina 2019.

E alguns outros números legais que encontramos. 😁

Continue a leitura que vamos contar tudo pra você!

Kit de Atualização

Um Kit de Atualização é um conjunto de figurinhas para substituir aquelas dos atletas que não foram convocados para um torneio.

Como foi o caso dos jogadores DANIEL ALVES e GIULIANO, cortados da seleção brasileira que disputou a Copa da Rússia em 2018.

Figura 2 – Figurinha do Fagner, para substituir a figurinha do Daniel Alves.
Figura 2 – Figurinha do Fagner, para substituir a figurinha do Daniel Alves.

Para o álbum da Copa 2018, a Panini lançou um kit com 92 novas figurinhas.

Figura 3 – Kit de atualização da Copa 2018.
Figura 3 – Kit de atualização da Copa 2018.

Para o álbum da Copa 2014, foram 71 novas figurinhas.

Figura 4 – Kit de atualização da Copa 2014.
Figura 4 – Kit de atualização da Copa 2014.

Em 2010, o kit de atualização teve 80 figurinhas. Infelizmente esse kit não foi lançado no Brasil.

O kit de atualização da Copa Feminina 2019

Para a Copa Feminina 2019, a Panini poderia lançar um kit com 48 figurinhas! 🤩

Sim, nós cruzamos a lista das jogadoras convocadas (atualizada em 09/jun/2019) com todas as figurinhas do álbum. 👀

Das 24 seleções participantes do torneio, a Panini “acertou em cheio” as figurinhas de apenas três delas: Espanha, Estados Unidos e Noruega.

Veja na figura abaixo o números de figurinhas que seriam atualizadas em cada seleção.

Figura 5 – Número de figurinhas que seriam atualizadas em cada seleção.
Figura 5 – Número de figurinhas que seriam atualizadas em cada seleção.

E a seguir você tem a lista das figurinhas de todas as jogadoras que não foram convocadas, com a respectiva seleção em que ela joga.

Se tiver alguma coisa errada, já sabe: conta pra gente! 😂

36 – Kenza Dali – França

45 – Yoon Younggeul – Coréia do Sul
46 – Hong Hyeji – Coréia do Sul
51 – Shim Seoyeon – Coréia do Sul
57 – Han Chaerin – Coréia do Sul

85 – Josephine Chukwunonye – Nigéria
90 – Glory Ogbonna – Nigéria

114 – Lena Petermann – Alemanha

122 – Wang Shimeng – China
126 – Liu Huiting – China
128 – Huang Yini – China
132 – Yang Lina – China
135 – Wang Shanshan – China
136 – Xiao Yuyi – China

160 – Roxanne Barker – África do Sul
170 – Nompumelelo Nyandeni – África do Sul
171 – Kgalebane Mohlakoana – África do Sul
174 – Melinda Kgadiete – África do Sul

183 – Alex Chidiac – Austrália
193 – Kyah Simon – Austrália

201 – Cecilia Salvai – Itália
206 – Lisa Alborghetti – Itália

219 – Rilany – Brasil
224 – Rafaelle – Brasil
231 – Adriana – Brasil


241 – Jadyn Matthews – Jamaica
243 – Christina Chang – Jamaica
248 – Giselle Washington – Jamaica

264 – Isobel Christiansen – Inglaterra

274 – Emma Mitchell – Escócia

302 – Amancay Urbani – Argentina
306 – Yamila Rodríguez – Argentina

318 – Saori Ariyoshi – Japão
319 – Rin Sumida – Japão
323 – Moeno Sakaguchi – Japão
324 – Rika Masuya – Japão
326 – Mina Tanaka – Japão

331 – Erin McLeod – Canadá
339 – Diana Matheson – Canadá

358 – Francine Zouga – Camarões

373 – Meikayla Moore – Nova Zelândia
381 – Amber Hearn – Nova Zelândia

392 – Siri Worm – Holanda

426 – Nuttaruja Muthtanawech – Tailândia
437 – Nipawan Panyosuk – Tailândia
438 – Suchawadee Nildhamrong – Tailândia

447 – Geraldine Leyton – Chile

474 – Hanna Folkesson – Suécia

Novas figurinhas da Espanha

E a Panini da Espanha lançou, junto com a edição 149 da Revista Jugón, um encarte especial com nove figurinhas das demais jogadoras da seleção espanhola feminina.

Veja abaixo:

Figura 6 – Cartela com 9 figurinhas novas da seleção espanhola.
Figura 6 – Cartela com 9 figurinhas novas da seleção espanhola.

Não é um Kit de Atualização, é como se fosse um “Kit de Complementação”.

Estamos tentando conseguir um pra nós, aí contamos mais pra você. E também colocamos uma foto melhorzinha…

Outros números da Copa Feminina 2019

E durante essa pesquisa sobre as jogadoras, descobrimos algumas estatísticas interessantes sobre o torneio desse ano.

Figura 7 – Capa do documento de onde tiramos as estatísticas.
Figura 7 – Capa do documento de onde tiramos as estatísticas.

Vamos compartilhar com você por pura curiosidade! 😁

Todas as idades citadas tem como referência a data de início do torneio, o dia 07 de junho de 2019.

As 5 jogadoras mais velhas

A jogadora Formiga, do Brasil, entrou em campo na estréia da seleção brasileira e se tornou a atleta mais velha da história do torneio.

  • Formiga (Brasil) – 41 anos e 96 dias;
  • Ingrid Hjelmseth (Noruega) – 39 anos e 58 dias;
  • Mariela Coronel (Argentina) – 37 anos e 352 dias;
  • Carli Lloyd (EUA) – 36 anos e 326 dias;
  • Hedvig Lindahl (Suécia) – 36 anos e 38 dias.

As 5 jogadoras mais jovens

Se entrar em campo, a australiana Mary Fowler será a 15ª jogadora mais jovem a disputar o torneio.

  • Mary Fowler (Austrália) – 16 anos e 113 dias;
  • Jody Brown (Jamaica) – 17 anos e 52 dias;
  • Dalila Ippolito (Argentina) – 17 anos e 75 dias;
  • Elisa Duran (Chile) – 17 anos e 142 dias;
  • Lena Oberdorf (Alemanha) – 17 anos e 170 dias.

Você lembra o que você estava fazendo com 16 anos? Com certeza eu NÃO ESTAVA DISPUTANDO UMA COPA DO MUNDO! 😂😂😂

As seleções mais velhas

A atual seleção norte-americana tem a segunda média de idade mais velha da história do torneio, sendo 5 meses mais nova que a própria seleção norte-americana que disputou o torneio em 2015, no Canadá.

  • Estados Unidos – 29 anos;
  • Brasil – 28 anos e 5 meses;
  • Camarões – 28 anos e 1 mês;
  • Itália – 27 anos e 9 meses;
  • Inglaterra – 27 anos e 7 meses.

As seleções mais jovens

  • Jamaica – 23 anos e 7 meses;
  • Japão – 24 anos e 7 meses;
  • Espanha – 25 anos e 2 meses;
  • Canadá – 25 anos e 3 meses;
  • Chile/Alemanha/Noruega – 25 anos e 10 meses.

Feliz aniversário!

No primeiro dia do torneio, em 07 de junho de 2019, a jogadora Henriette Akaba, de Camarões, completou 27 anos de idade.

E no dia da grande final, em 07 de julho de 2019, três atletas e um técnico farão aniversário:

  • Alexandra Takounda, de Camarões, vai fazer 19 anos;
  • Rattikan Thongsombut, da Tailândia, vai fazer 28 anos;
  • Carly Telford, da Inglaterra, vai fazer 32 anos;
  • Jorge Vilda, técnico da seleção da Espanha, vai fazer 38 anos.

Será que alguma dessas seleções vai levantar o troféu de campeã? 😃

Média de idade das jogadoras

A média de idade das jogadoras desse ano é a mais alta da história do torneio: 26 anos e 6 meses.

  • Em 1991 – 23 anos e 10 meses;
  • Em 1995 – 24 anos e 6 meses;
  • Em 1999 – 24 anos e 6 meses;
  • Em 2003 – 24 anos e 10 meses;
  • Em 2007 – 25 anos e 1 mês;
  • Em 2011 – 24 anos e 10 meses;
  • Em 2015 – 25 anos e 7 meses;
  • Em 2019 – 26 anos e 6 meses.

Sobre as jogadoras dessa e de outras edições do torneio

São 552 jogadoras convocadas para essa oitava edição do torneio, que está acontecendo na França.

Desse total, 188 jogadoras já disputaram ao menos um jogo na última edição da Copa do Mundo Feminina, em 2015 no Canadá.

Entre elas está FORMIGA, jogadora brasileira que está disputando sua sétima Copa do Mundo. 😱

Apesar disso, ela é a terceira jogadora que mais participou de jogos, com 24 partidas (junto com Julie Foudy, Birgit Prinz e Homare Sawa), ficando atrás apenas de Abby Wambach (com 25 partidas) e Kristine Lilly (com 30 partidas), ambas ex-jogadoras dos Estados Unidos.

E olha só: quando FORMIGA participou pela primeira vez do torneio, em 07 de junho de 1995, contra o Japão, 150 jogadoras que estão participando esse ano nem haviam nascido ainda! 😮

Uma jogadora que pode marcar seu retorno ao torneio é a argentina Mariela Coronel, que disputou o torneio pela última vez em 2003, nos Estados Unidos.

Outras quatro jogadoras estão disputando pela 5ª vez o torneio: as brasileiras Marta e Cristiane, a canadense Christine Sinclair e a nigeriana Onome Ebi.

E quinze jogadoras estão disputando o torneio pela 4ª vez: Lisa de Vanna (AUS), Sophie Schmidt (CAN), Karen Carney e Jill Scott (ING), Rumi Utsugi (JAP), Isabell Herlovsen (NOR), Katie Duncan, Abby Erceg, Annalie Longo, Ria Percival e Ali Rilyz (NZL), Nilla Fischer, Hedvig Lindhal e Caroline Seger (SUE) e Carli Lloyd (EUA).

Christine Sinclair e Marta são duas das nove jogadoras que marcaram gols em quatro edições do torneio, e as únicas com chances de aumentar esse recorde para cinco. 😃

Em 18/jun/2019, contra a Itália, Marta marcou seu segundo gol nessa edição do torneio, e se tornou a MAIOR ARTILHEIRA DAS COPAS, com 17 gols, ultrapassando até o jogador Klose, da Alemanha! 👏👏👏

A australiana Lisa De Vanna balançou as redes em três edições do torneio.

Número de jogadoras nas ligas locais

No total, 225 (ou 40,8%) atletas jogam em ligas diferentes do seu país de origem.

Apenas as jogadoras da seleção dos Estados Unidos jogam todas “em casa”, enquanto apenas um jogadora da China e da Itália jogam fora.

Por outro lado, todas as jogadoras da Jamaica jogam fora da Jamaica.

Lembrando que cada seleção convocou 23 jogadoras.

Jogadoras nas ligas locaisSeleção
23 (100%)Estados Unidos
22 (95,7%)China
Itália
21 (91,3%)França
Alemanha
Japão
Tailândia
20 (87%)Coréia do Sul
Espanha
18 (78,3%)Inglaterra
16 (69,6%)Noruega
15 (65,2%)África do Sul
14 (60,9%)Suécia
12 (52,2%)Argentina
9 (39,1%)Austrália
8 (34,8%)Camarões
Chile
7 (30,4%)Brasil
Nova Zelândia
Nigéria
Escócia
6 (26,1%)Holanda
2 (8,7%)Canadá
0Jamaica

As ligas com mais jogadoras

As 552 jogadoras que estão participando da Copa da França 2019 jogam em clubes de 33 países diferentes.

  • 73 jogam nos Estados Unidos;
  • 52 jogam na Espanha;
  • 50 jogam na França;
  • 49 jogam na Inglaterra;
  • 33 jogam na Alemanha;
  • 32 jogam na Suécia;
  • 28 jogam na Noruega;
  • 27 jogam na Itália/China;
  • 22 jogam no Japão/Coréia do Sul.

As confederações com mais jogadoras

  • UEFA – 298 jogadoras (54,0%);
  • AFC (Confederação Asiática) – 101 jogadoras (18,3%);
  • CONCACAF – 75 jogadoras (13,6%);
  • CAF (Confederação Africana) – 30 jogadoras (5,4%);
  • CONMEBOL – 29 jogadoras (5,3%);
  • 11 jogadoras tem passe livre (2%);
  • OFC (Confederação da Oceania) – 8 jogadoras (1,4%).

Clubes com mais jogadoras

  • 15 jogadoras atuam no Barcelona (ESP);
  • 14 jogadoras atuam no Olympique Lyon (FRA);
  • 12 jogadoras atuam no Chelsea (ING) e no Manchester City (ING);
  • 11 jogadoras atuam no Hyundai Steel Red Angels (KOR);
  • 10 jogadoras atuam no Bundit Asia (TAI), no Bayern de Munique (ALE) e no NTV Beleza (JAP);
  • 9 jogadoras atuam no Arsenal (ING) e no Paris Saint-Germain (FRA);
  • 8 jogadoras atuam no Atlético de Madrid (ESP), Juventus (ITA), LSK Kvinner FK (NOR), Orlando Pride (EUA), Portland Thorns (EUA), Reign FC (EUA) e VFL Wolfsburg (ALE).

Os técnicos mais jovens

  • Jorge Vilda, da Espanha – 37 anos e 335 dias;
  • Martin Sjorgren, da Suécia – 42 anos e 61 dias;
  • Phil Neville, da Inglaterra – 42 anos e 137 dias.

Os técnicos mais velhos

Três dos técnicos presentes nessa edição do torneio entraram para o TOP 10 da lista dos técnicos mais velhos da história do torneio.

Tom Sermanni ficou em segundo lugar, atrás apenas de Paulo Gonçalves do Brasil (66 anos e 317 dias de idade em 2003), enquanto o argentino Carlos Borrello ficou em quarto e o brasileiro Vadão ficou em sexto lugar.

  • Tom Sermanni, da Áustria – 64 anos e 341 dias;
  • Carlos Borrello, da Argentina – 63 anos e 268 dias;
  • Vadão, do Brasil – 62 anos e 290 dias.

Ufa, chega de estatística né! 😅

E aí, você curtiu?

Se a Panini lançar o kit de atualização desse álbum, você compraria?

Conta lá embaixo nos comentários o que você mais gostou nesse artigo!

Abraço!